Ipatinga, 16 de Agosto de 2022
NOTÍCIAS

Origem e curiosidades do "RÉVEILLON"



RÉVEILLON é uma das comemorações mais populares do planeta

“O Ano Novo passou a ser comemorado no dia 1° de janeiro no ano 153 a.C. Antes disso, festejava-se o recomeço do ciclo anual no período que equivale ao atual 23 de março (a comemoração durava 11 dias). Havia uma lógica para a escolha dessa data, feita pelos babilônios 2 mil anos antes da era cristã: o final de março coincide com o início da primavera no hemisfério norte, época em que novas safras são plantadas. Daí a ideia de recomeço. Foram os romanos que determinaram, aleatoriamente, que o Ano Novo seria comemorado no dia 1° de janeiro.

O nosso calendário é originário dos romanos com a contagem dos dias, meses e anos. Desde o começo do século XVI, o Ano Novo era festejado em 25 de Março, data que marcava a chegada da primavera.As festas duravam uma semana e terminavam no dia 1º de abril. O Papa Gregório XIII instituiu o 1º de janeiro como o primeiro dia do ano, mas alguns franceses resistiram à mudança e quiseram manter a tradição. Só que as pessoas passaram a pregar partidas e ridicularizar os conservadores, enviando presentes estranhos e convites para festas que não existiam. Assim, nasceu o Dia da Mentira, que é a falsa comemoração do Ano Novo.

- O Ano Novo em outros países:

Áustria: Os austríacos jogam chumbo derretido num copo d"água à meia-noite do dia 31. As imagens que surgem quando o chumbo esfria viram um amuleto para o Ano Novo que irão ajudar na realização dos pedidos feitos na passagem do ano.

Alemanha: As pessoas reúnem-se no Portal de Brandemburgo, no centro de Berlim, perto de onde ficava o Muro de Berlim. Tradicionalmente, não há fogos de artifício. É de praxe ter panquecas no réveillon alemão.

França: País de origem do nome da data (Réveillon), na França, o principal ponto é a Avenida Champs-Elysées, em Paris, próximo ao Arco do Triunfo. Os franceses assistem à queima de fogos, cada um com sua garrafa de champanhe (para as crianças sucos e refrigerantes). No réveillon francês é comum preparar ostras e diversos outros frutos do mar para a ceia de Ano Novo.

Portugal: Uma das manias dos portugueses é sair às janelas de casas batendo panelas para festejar a chegada do novo ano.

Espanha: Os espanhóis comemoram o ano novo durante dez dias. O peru é o prato principal servido na Espanha e, além dele, também é feito um delicioso prato com bezugo (um tipo de peixe) assado com batatas. O povo espanhol é muito festeiro, e as comemorações já começam no dia 28 de dezembro, dia dos Santos Inocentes, e vai até o dia 6 de janeiro, quando se comemora a chegada dos três reis Magos.

Dinamarca: Depois de uma ceia à base de peixes e batatas, os dinamarqueses aguardam ansiosamente pela meia-noite. Quando o relógio está prestes a soar as doze badaladas, todos na família sobem em cadeiras. Assim que dá meia-noite, pulam da cadeira para o novo ano e brindam com champanhe.

Itália: O ano novo é a mais pagã das festas, sendo recebido com Fogos de artifícios, que deixam todas as pessoas acordadas. Dizem que os que dormem na virada do ano dormirão todo o ano. Em várias partes do país, dois pratos são considerados essenciais. O pé de porco e as lentilhas.

Japão: Lá tudo é bem diferente. Como não são cristãos, comemoram muito mais a passagem do ano do que o Natal. No dia 31 de dezembro as famílias vão aos templos de sua religião, xintoístas ou budistas. As ruas ficam lotadas e há queima de fogos. Antes de irem aos templos, as famílias jantam macarrão. Para eles, esse alimento trará fortuna para toda a família. No dia seguinte, é costume saborear algum tipo de cozido feito especialmente para a data, geralmente à base de pargo (um tipo de peixe), ovas de peixe, camarão ou um tipo de feijão.

Estados Unidos: A mais famosa passagem de Ano Novo nos EUA é em Nova Iorque, na Time Square, onde o povo se encontra para beber, dançar, correr e gritar. Há pessoas de todas as idades e níveis sociais. Durante a contagem regressiva, uma grande maçã vai descendo no meio da praça e explode exatamente à meia-noite, jogando balas e bombons para todos os lados.




 

Copyright © 2012 Todos os Direitos Reservado - www.euamoipatinga.com.br
Eu Amo Ipatinga - E-mall : contato@euamoipatinga.com.br