Ipatinga, 7 de Julho de 2020
NOTÍCIAS

Tempo chuvoso nos próximos dias

- Segundo Defesa Civil de Ipatinga, previsão de chuva de 62,4 milímetros é preocupante em função das tempestades do final de semana e de segunda-feira


O mau tempo que se instalou na região vai durar pelo menos até quarta-feira (30) (Crédito: Nadieli Sathler)

As chuvas que caíram sobre o Vale do Aço durante todo o final de semana e segunda-feira (29) deixaram o técnicos da Defesa Civil de Ipatinga, Coronel Fabriciano e Timóteo em estado de alerta.

O coordenador da repartição no município de Ipatinga, Joel Lopes, informou que a previsão colhida no Portal da Cemig para esta terça-feira (29) é de 62,4 milímetros de chuva.

O volume foi considerado preocupante em função do encharcamento de encostas e locais de maior vulnerabilidade, como no Barra Alegre. “É preocupante a chuva que se estende de maneira estável, como ocorreu ontem. Isso amacia a terra e o risco de haver desmoronamento de encostas aumenta consideravelmente”, explicou.

No balanço apresentado pela Defesa Civil de Ipatinga, não foram registrados nos últimos dias nenhuma ocorrência grave, nem mesmo queda de árvores. A explicação dada por Joel é que o período chuvoso este ano atrasou, o que pode fazer com que as tempestades de prolonguem até o mês de fevereiro.

“No ano passado começou a chover logo no início do ano, tanto que foram registrados ao longo do mês 211 chamados atendidos pelo 193. Nesse mês, até a tarde de segunda-feira, foram 51 ocorrências”, comparou.

. MONITORAMENTO

Dos chamados feitos em Ipatinga, pelo menos 20% foram provenientes do Nova Esperança, 28% do bairro Bethânia e 8% do Esperança. Apesar de não terem sido incluídos na estatística, o Bom Jardim e o Barra Alegre também são alvos dos serviços de monitoramento da Defesa Civil.

Já no Vila da Paz a comunidade ribeirinha ao Ribeirão Ipanema deve ficar atenta ao volume de chuva em função dos pontos de alagamento ao longo do córrego. Esses lugares também permanecem sob vigilância. A previsão para esta quarta-feira (30) é de 30 milímetros de chuva.

. DESLIZAMENTO

Apesar de o final de semana não ter havido ocorrências, a Defesa Civil de Coronel Fabriciano registrou na tarde de ontem (28) a queda de um muro de sete metros de largura por cinco de altura.

O desabamento é fruto de um corte irregular de 90° feito por um morador da rua Onze, no bairro Nossa Senhora da Penha. Por não ter autorização da Prefeitura para realizar o muro, a obra foi embargada e foram colocadas lonas na encosta para evitar novos deslizamentos.

Os bairros do município que necessitam de maior atenção da Defesa Civil são o Nossa Senhora da Penha, Nossa Senhora do Carmo, Recanto Verde e Frederico Ozanam. Mas o monitoramento também foi estendido para os bairros Caladão, Manoel Domingos, Judith Bering, Padre Rocha, Caladinho de Cima/Pedreira, Santa Terezinha I e II, Universitário, Nossa Senhora da Penha, Manoel Domingos, e Dom Helvécio (Prainha). Em caso ocorrências em Coronel Fabriciano, o número para acionar a Defesa Civil é o 3846-7752.

. ÁREAS DE RISCO

A Coordenadoria de Defesa Civil de Timóteo informou nesta segunda-feira (28) que, apesar das fortes chuvas ocorridas no final de semana, a cidade não sofreu nenhum transtorno. Somente pequenas ocorrências de alagamento e lama em terrenos particulares foram registradas pelo órgão. As áreas de risco foram os locais onde a Defesa Civil concentrou a maior atenção.

O coordenador do órgão, Delmando Luiz Amorim, ressaltou que essas áreas colocam a Defesa Civil em estado de alerta. Segundo ele, os moradores estão sendo orientados a colocar lonas em alguns barrancos para não haver infiltrações e deslizamentos.

“Estamos orientando a população sobre a necessidade de nos comunicar caso ocorra qualquer risco de desabamento ou deslizamento de terra”, disse Amorim. O telefone da Defesa Civil de Timóteo é 3847-4783.




 

Copyright © 2012 Todos os Direitos Reservado - www.euamoipatinga.com.br
Eu Amo Ipatinga - E-mall : contato@euamoipatinga.com.br