Ipatinga, 4 de Julho de 2020
NOTÍCIAS

Projeto sobre Ipatingão causa polêmica entre Câmara e PMI

Projeto de Lei que destina recursos para reforma no estádio está barrado na Câmara; Governo aponta má vontade política na tramitação da matéria


Vereador quer laudo técnico de benfeitorias no estádio; PMI diz que município pode perder os recursos

O presidente da Câmara de vereadores de Ipatinga, Ley do Trânsito (PSD), afirmou ontem (28) durante entrevista coletiva que irá pedir ao Governo Municipal um laudo técnico sobre as reformas que a Prefeitura pretende fazer no Estádio João Lamego Neto, o Ipatingão.

Há cerca de 15 dias, tramita em regime de urgência no Legislativo um projeto de lei que autoriza o Executivo a suplementar uma verba de R$ 169 mil para a Secretaria de Cultura, Esporte e Lazer. O dinheiro seria uma contrapartida pedida pelo Governo Federal para liberar recursos na ordem de R$ 1,9 milhão, vindos do Ministério dos Esportes, que seriam usados para a reforma do Estádio, interditado desde janeiro deste ano.

PARECER

Na semana passada, a matéria recebeu parecer favorável em todas as comissões pelas quais passou e se encontra pronta para ser analisada em plenário pelos vereadores, contudo, não foi colocada em pauta de votação nas últimas sessões da Casa.

Na última terça-feira (27), a prefeita Cecília Ferramenta (PT) comentou o assunto durante um evento realizado pela Prefeitura. Na ocasião, a chefe do Executivo afirmou que com a reforma do antigo Ipatingão, o estádio poderá se tornar uma praça de eventos, recebendo inclusive shows musicais de grande porte. Também aproveitou a oportunidade para pedir publicamente ao presidente da Câmara que colocasse o projeto em votação.

MÁ VONTADE

O líder do Governo na Câmara, vereador Sebastião Guedes (PT), também tentou convencer o presidente a considerar a apreciação do projeto pelos parlamentares nas últimas duas reuniões ordinárias da Casa, ocorridas na segunda e terça-feira. Contudo, o texto não foi colocado nas pautas das sessões, gerando grande mal-estar entre os dois poderes.

Sebastião Guedes afirmou ontem que a questão é política. “O projeto já tem condições de ser votado. Agora, se trata de má vontade política e oposição irresponsável”, acusou o líder petista.

LAUDO

Ontem, Ley afirmou que precisa saber quais melhorias serão, de fato, feitas no estádio, bem como as que já foram realizadas. Por isso aguarda um laudo técnico com estas informações vindo da Prefeitura. Em janeiro, o local foi interditado pelo Corpo de Bombeiros. No auto de vistoria emitido pela corporação foram encontradas falhas no acesso de ambulâncias no campo de jogo e no próprio estádio, além dos espaços internos para as “rotas seguras de fuga”, que não cumprem as medidas mínimas exigidas. Desde então, a Administração vem executando obras no estádio, sem conseguir, porém, autorização para o seu funcionamento.

“O Ipatingão já sofreu diversas reformas nos últimos tempos, nós temos acompanhado”, disse Ley, apontando as novas cadeiras, saídas de emergência e grama sintética do túnel de acesso e do campo como algumas das benfeitorias já concluídas. “Temos agora que aguardar um laudo técnico da Prefeitura para saber o que foi feito, o que foi gasto e o que ainda precisa fazer”, informou.

Ley do Trânsito questionou ainda quais seriam as prioridades do Governo de Cecília Ferramenta e disse que a Prefeitura deveria se preocupar mais com a saúde e o emprego. “Eu gostaria que a equipe do Governo que prioriza projetos para buscar recursos nas esferas Estadual e Federal também gastasse energia para priorizar e fazer projetos para a saúde. A saúde hoje em Ipatinga está doente, todo mundo vê”, enfatizou.

Fonte: http://www.diariopopularmg.com.br


 

Copyright © 2012 Todos os Direitos Reservado - www.euamoipatinga.com.br
Eu Amo Ipatinga - E-mall : contato@euamoipatinga.com.br