Ipatinga, 10 de Julho de 2020
PERSONAGENS

PEDRO SAMPAIO GUERRA

Mineiro de Itabira, Pedro Guerra dedicou grande parte da sua vida ao Vale do Aço


Mineiro de Itabira, Pedro Guerra dedicou grande parte da sua vida ao Vale do Aço

CORONEL FABRICIANO - Nasceu no dia 27 de junho de 1914, na cidade de Itabira- MG. Filho de Quintiliano Carvalho Guerra e Marieta Sampaio Guerra, era casado com Jeny Pinheiro Guerra, teve três filhos: Terezinha, Beatriz e Eduardo. Pedro Sampaio Guerra iniciou seus primeiros passos na Medicina ainda na década de 1930, ao ingressar na Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). A história de dedicação e trabalho do Dr. Pedro Sampaio Guerra, começou ainda na década de trinta, quando o médico dava os primeiros passos da carreira no curso de medicina da Universidade Federal de Minas Gerais. No quarto ano, o perfil de dedicação que marcaria toda a caminhada médica do profissional, já despontava na residência médica de uma das mais tradicionais instituições de saúde do Estado, a Santa Casa da Misericórdia de Belo Horizonte.

Depois de formado, Dr. Pedro começou a exercer a profissão na cidade de Nova Era, onde, dez anos depois, foi um dos fundadores do primeiro hospital da cidade, a Casa de Saúde Santa Lúcia. No passo seguinte da carreira, o médico mineiro segue para Itabira onde começa um trabalho marcante junto aos trabalhadores da CIA Melhoramentos Ferroviários - empreiteira da CIA Vale do Rio Doce.

Três anos depois, a experiência direciona o médico para se dedicar aos trabalhadores da Acesita - Cia de Aços Especiais Itabira - em Coronel Fabriciano, onde se manteve como diretor do serviço médico da companhia até 1958. Em abril de 1952, Pedro Guerra foi responsável pela fundação do Sindicato dos Trabalhadores Metalúrgicos dos Municípios de Timóteo e Coronel Fabriciano (Metasita), durante uma crise na área da saúde enfrentada por funcionários do setor metalúrgico na região. Ainda na cidade do Vale do Aço, o médico mineiro foi o responsável pelo pontapé inicial na construção do Hospital Nossa Senhora do Carmo, hoje Hospital Unimed, em 1960. Trinta anos mais tarde, assume como médico da Prefeitura de Coronel Fabriciano.

Títulos e honrarias ao longo de toda a carreira do médico Dr. Pedro, como o de "Cidadão honorário" de Coronel Fabriciano, recebido no dia 4 de julho de 1969, além da presidência da Regional da Associação Médica na cidade, comprovam a importância do trabalho do médico para a região do Vale do Aço. Ele ampliou seu dedicado trabalho ao Estado inteiro nas duas gestões em que ocupou a vice-presidência da Associação Médica de Minas Gerais. Hoje, Dr. Pedro Sampaio Guerra tem uma certeza: "nesta etapa da minha vida, carrego uma sensação muito boa de ter concluído o meu dever," diz o médico.

Dr. Pedro Guerra faleceu no dia 25 de dezembro de 2011, em Coronel Fabriciano, onde vivia com a filha, Terezinha Pinheiro Guerra Cotta, que cuidou do pai até os últimos dias de vida. Ela conta com emoção o orgulho que sente pela trajetória vivida pelo pai. “Nos reuníamos à noite e ele contava várias histórias sobre a formação de Coronel Fabriciano e da região, me sinto muito orgulhosa por tudo o que ele fez”, recorda.

O genro e também médico, Cantídio Cotta de Figueiredo, lembra que Pedro Guerra foi um dos pioneiros na área da saúde na região e sempre se empenhou muito pelo desenvolvimento da Fabriciano e outros municípios. “Ele tinha muito prazer naquilo que fazia, trabalhou até os 80 anos e, sem dúvida, deixou uma grande história no Vale do Aço”, avalia.

A esposa, Jeny Pinheiro Guerra, também faleceu no mesmo anos de 2011. Pedro Sampaio Guerra deixou saudades entre familiares, amigos e uma legião de admiradores. A família lembra com orgulho de importantes iniciativas do clínico que trabalhou até os 80 anos de idade e viveu com lucidez até os últimos dias de vida.


 

Copyright © 2012 Todos os Direitos Reservado - www.euamoipatinga.com.br
Eu Amo Ipatinga - E-mall : contato@euamoipatinga.com.br